Jaraguá

Jaraguá

Do ouro às festas tradicionais e à bela natureza propícia para esportes radicais, Jaraguá possui uma riqueza enorme de opções para agradar o turista

Jaraguá nasceu da busca do ouro quando ainda se usava a mão de obra escrava. Mineradores e catadores de ouro de diversas regiões chegavam trazendo os escravos com experiência em garimpar e catar o minério. Bartolomeu Bueno da Silva veio com sua bandeira rumo a Goiás lá pelo ano de 1726, quando fundou Vila Boa (hoje cidade de Goiás), às margens do Rio Vermelho, ao sopé da Serra Dourada. Logo acharam ouro em Meia Ponte (atualmente Pirenópolis), descobrindo uma nova região aurífera, impulsionando a criação de acampamentos às margens dos rios e córregos dali, surgindo o arraial denominado Córrego do Jaraguá.

A palavra Jaraguá deriva do tupi-guarani – Yara-Guá – e significa Senhor do Vale. O povoamento começou com a exploração das jazidas de ouro e com o passar dos anos surgiram as primeiras habitações. Em 1748 ficou pronta a capela de São José e Nossa Senhora da Penha, o que demonstra que na época já havia um número significativo de moradores no arraial. A segunda igreja a ser construída foi a de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, em 1776, e no ano de 1828 deu-se início à obra da terceira igreja, de Nossa Senhora da Conceição.

Ao lado da exploração do ouro, houve a formação de sítios e fazendas para a produção de alimentos a fim de atender a população daquelas minas. No final do século XVIII, havia no Arraial do Córrego do Jaraguá engenhos que produziam aguardente e foi observado crescimento agrícola. No início do século XIX, com a diversificação da economia, o povoado, situado entre os prósperos arraiais da Capitania de Goiás, recebeu viajantes europeus ilustres, como J. Emmanuel Poh e August de Saint’Hilaire que visitaram o local e o apontaram como populoso.

Através do Decreto nº 8 de 1º de julho de 1833, o Arraial do Córrego do Jaraguá é elevado à categoria de Vila. Naquele instante nasce a Câmara de Jaraguá. Pela localização, perto da estrada que conduzia ao Rio de Janeiro e à Capital da Província, Vila Boa, a localidade era passagem para várias regiões, o que colaborou para sua prosperidade, pois recebeu imigrantes de outros pontos da Província de Goiás, principalmente de antigos centros mineradores em decadência. Essas pessoas contribuíram para o desenvolvimento da Vila e seus descendentes tiveram um papel importante na condução da vida econômica, social e política do lugar no decorrer do século XIX.

Em 25 de julho de 1882, a Vila de Nossa Senhora da Penha de Jaraguá eleva-se à categoria de cidade através da resolução 666, emancipando-se de Meia Ponte e passando a se chamar apenas Jaraguá. Já no século XX, o governo federal estabelece metas visando a ocupação do Centro-Oeste brasileiro, como a abertura de estradas e da ferrovia no Sudeste do estado e a construção de Goiânia, a nova capital de Goiás. A Marcha para o Oeste, a procura por terras para a agricultura, além da implantação da Colônia Agrícola Nacional, que levou ao surgimento das cidades de Ceres e Rialma e por fim, a mudança da capital federal para Brasília deram um impulso desenvolvimentista ao município.

A partir da década de 1940 houve notável crescimento urbano. No início dos anos 1960, a construção da BR-153 acelerou o desenvolvimento de Jaraguá. Na década de 80, a cidade se industrializou, recebendo o título de Capital das Confecções. Da prosperidade do Ciclo do Ouro até os dias atuais, Jaraguá passou por diversas fases e por vários processos, sempre ocupando papel de destaque entre os mais prósperos municípios goianos, com evolução contínua.

Jaraguá é um município rico em belezas naturais. A Serra foi transformada pela lei nº 13247 de 13/01/1998 em Parque Ecológico da Serra de Jaraguá. São 520 metros de altitude, numa paisagem onde se praticam mountain bike, parapente, motocross e trilhas. A Serra abriga o Poção, com suas águas transparentes, duas cavernas e um túnel feito pelos escravos.

Na estrada que liga Jaraguá a Goianésia está o Rio Saraiva, rico em piscinas naturais e quedas d’água. Há também outros rios com praias boas para banho, como o Rio das Almas, o do Peixe, o Sucuri, dos Patos e o da Prata.

O Clube das Cavalhadas e o Clube do Laço chamam a atenção dos visitantes. Já o Casarão do Padre Silvestre, construído no século XVIII e tombado como patrimônio estadual pelo Decreto 6024 de 25 de outubro de 2004, é exemplar ímpar da arquitetura colonial em Goiás, sendo hoje uma das poucas edificações em Jaraguá que conserva suas características originais, fazendo parte da história da cidade e do Estado.

Jaraguá conserva prédios históricos, como a Igreja do Rosário, construída por escravos e totalmente preservada, a de Nossa Senhora da Conceição e a Igreja Nossa Senhora da Penha, a Matriz, construída em 1748, demolida em 1918, reconstruída em 1950 e recentemente remodelada. Os casarões retratam a arquitetura do período colonial, trazendo, em cada pedaço, um pouco da nossa história.

A cidade realiza festas que atraem gente de várias partes do Brasil. São tradicionais a Folia de Reis, a Novena de São Sebastião, o Carnaval de Rua de Jaraguá, a Feira da Indústria do Vestuário, a Festa do Peão – sempre no aniversário da cidade, e a Romaria de Monte Castelo. A mais antiga e conhecida, sem dúvida, é a Festa do Divino Espírito Santo com suas Cavalhadas.

Cavalhadas                      

A Festa do Divino Espírito Santo de Jaraguá começou com a implantação da Paróquia Nossa Senhora da Penha, em 1833, pelo padre Silvestre Álvares da Silva, introdutor dos elementos folclóricos da comemoração. Por isso calcula-se que os festejos do império do Divino Espírito Santo no município, com a novena, Entrada da Rainha e as Cavalhadas, tenham 185 anos de existência.

A apresentação das Cavalhadas de Jaraguá acontece no encerramento da Festa do Divino Espírito Santo. A comemoração na cidade tem várias etapas, com diferentes atrações. No primeiro dia da novena, os cavaleiros se reúnem na igreja para se confessar e receber a bênção. Durante toda a festividade eles escoltam a Coroa do Divino e, ao final, fazem a entrada solene na igreja matriz e participam da missa.

A coroa e o cetro simbolizam a autoridade do Divino Espírito Santo, atribuída ao imperador, guardião das joias reais, que se torna o representante do Divino naquele ano, a quem todos devem obediência e respeito. Como a coroa e o cetro personificam a autoridade divina, sua visita causa comoção e manifestações de fé, evoca a presença de Deus e liga os devotos à memória de seus antepassados que veneraram e apreciaram esses objetos.

Jaraguá criou o Clube das Cavalhadas, que se reúne mensalmente em sede própria, com galpão, gramado e campo de ensaio. Para as apresentações no Campo das Cavalhadas, é montada estrutura com arquibancadas, camarotes, palco, banheiros químicos e sistema de som. Outra atração da festa é a retirada das argolinhas, que é oferecida pelo cavaleiro como homenagem a uma pessoa do público.

A cidade também exibe a Cavalhadinha. Com cavalos de pau enfeitados, roupas coloridas e muita animação, as crianças de Jaraguá aprendem desde pequenas o valor da tradição das Cavalhadas.

As Cavalhadas de Jaraguá possuem uma madrinha, que atua pela confraternização e premiação dos cavaleiros. Carreiras dos componentes a cavalo com lanças, espadas e garruchas simulam a batalha entre mouros e cristãos, até a rendição dos mouros, que são batizados e convertidos ao cristianismo. A Banda Santa Cecília acompanha toda a festa.

Localização

Atrativos

Parques e Unidades de Conservação

  • Parque Estadual da Serra de Jaraguá
    A aproximadamente 5km do Centro da cidade de Jaraguá
    Visitação permitida 24 horas

  • Principais Atrativos Turísticos

  • Rampa de Parapente
    Local na Serra de Jaraguá propício para a prática de parapente, com bar e restaurante

  • Museu Histórico Municipal Casa de Cultura Padre Silvestre
    Rua Vigário Álvares, 117, Centro
    Funcionamento de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h

  • Museu Igreja Nossa Senhora da Conceição
    Praça Silvio de Castro Ribeiro, S/N

Meios de Hospedagem no Perímetro Urbano:

  • Boa Vista Park Hotel
    Av. Bernardo Sayão, nº 567, Centro
    Telefone: (62) 3326-4646

  • Hotel Danbury
    Av. Cristóvão Colombo Freitas, nº 1418, Setor Aeroporto
    Telefoone: (62) 3326-3400

  • Hotel Primavera
    Av. Dioni Gomes Pereira da Silva, sem nº, Setor Aeroporto
    Telefone: (62) 3326-3729

  • Maranha Inn Suite Hotel
    Av. 2, nº 411/593, Vila Dona Izabel
    Telefone: (62) 3326-5757

  • Hotel Jaraguá
    Telfone: (62) 3326-1521

  • Hotel Taurus
    Telefone: (62) 3326-6225

  • Hotel Samambaia
    Avenida Cristóvão Colombo de Freitas, nº 1386, Qd 1, Lt 66, Jardim Aeroporto
    Telefone: (62) 3326-2711

  • Hotel Presidente
    Telefone: (62) 3326-1247

  • Hotel Pratão
    BR-153, Qd 1, Lt 1, Vila Dona Izabel
    Telefone: (62) 3326-3515

  • Hotel Flor do Cerrado
    Telefone: (62) 3326-3463

  • Hotel e Restaurante Dutra
    Av. Presidente Kennedy, Centro
    Fone: (62) 3326-6266

Jaraguá não tem Meios de Hospedagem no Perímetro Rural

  • Benedictus Hamburgueria
    Galeria Passeio da Serra, Setor Aeroporto
    Telefone: (62) 3326-1082

  • Pizzaria do Deley
    Galeria Passeio da Serra, Setor Aeroporto
    Telefone: (62) 3326-5545

  • Express Bar e Restaurante
    Av. Moacir Rios, Jardim Ana Edith

  • Madeira Grill
    Av. Coronel Tubertino Rios, Setor Aeroporto
    Telefone: (62) 3326-4668

  • Tribo da Fome
    Av. JK, Qd 06, Lt13
    Telefone: (62) 3326-4301

  • Sorveteria Moranguinho
    Av. Coronel Tubertino Rios, Centro
    Telefone: (62) 3326-2523

  • Frutos de Goiás
    Av. JK, Centro

  • Churrasquinho do Carlinhos
    Av. Coronel Tubertino Rios, Centro
    Telefone: (62) 3326-5872

  • César Grill
    Praça Silvio De Castro Ribeiro
    Telefone: (62) 3326-5834

  • Subway
    Av. Paulo Alves, Centro
    Telefone: (62) 3326-5060

  • Cia do Caldo B3
    Av. Moacir Rios, Setor Aeroporto
    Telefone: (62) 8441-3931

  • Sorveteria Sabor de Mel
    Av. Severino Leite de Bessa, nº 26, Centro

  • Churrascaria Sabor Mineiro
    Av. JK, Centro

  • Executivo Restaurante
    Praça Silvio de Castro Ribeiro, Centro
    Telefone: (62) 3326-2581

  • Bistrô Restaurante e Tapiocaria
    Galeria Passeio da Serra, Setor Aeroporto
    Telefone: (62) 3326-3033

  • Açaí Pontocom
    Galeria Passeio da Serra, Setor Aeroporto
    Telefone: (62) 3326-6199

  • Três rodovias, sendo uma federal e duas estaduais levam a Jaraguá: a BR-153, a GO-080 e a GO-427. Há também o Aeroporto Clotário de Freitas, com pista de pouso às margens da rodovia GO-080, a 5km da cidade.

  • Distância da cidade de Goiânia: 120 km
  • Distância da cidade de Brasília: 220 km

    Hospitais

  • Hospital Sandino de Amorim
    Avenida Dioni Gomes Pereira da Silva, nº 115, Setor Aeroporto
    Telefone: (62) 3326-1370

  • Hospital Maternidade
    Av. Bernardo Sayão, nº 633, Centro
    Telefone: (62) 3326-1224

  • Farmácias

  • Drogaria Terrana
    Av. Coronel Tubertino Rios, Centro
    Telefone: (62) 3326-1087

  • Drogaria Aline
    Praça Silvio de Castro Ribeiro, Centro
    Telefone: (62) 3326-3420

  • Drogaria JK
    Av. Coronel Tubertino Rios, Centro
    Telefone: (62) 3326-6060

  • Drogaria Moreira I
    Rua Manoel Ribeiro de Freitas Machado, Centro
    Telefone: (62) 3326-1985

  • Drogaria Nossa Senhora da Penha
    Av. Coronel Tubertino Rios, Centro
    Telefone: (62) 3326-4800

  • Drogaria Popular
    Av. Bernardo Sayão, Qd 65, Jardim Ana Edith
    Telefone: (62) 3326-5705

  • Drogaria Primavera
    Av. Bernardo Sayão, Qd 66, Jardim Ana Edith
    Telefone: (62) 3326-2628

  • Drogaria Ramos
    Av. Coronel Tubertino Rios, Centro
    Telefone: (62) 3326-3293

  • Drogaria Vila Isaura
    Rua Alto do Rosário, Qd 02, Vila Izaura
    Telefone: (62) 3326-4332

  • Bombeiros – Delegacia – Copom

  • Corpo de Bombeiros
    Av. Amazonas, Qd 01, Lt 01, Jardim Atlântico
    Telefone de Emergência: 193

  • Delegacia de Polícia Civil
    Av. Bernado Sayão, nº 7, Residência Primavera, Centro
    Telefone: (62) 3326-1344

  • Copom 23º Batalhão
    Av. Sólon Batista, nº 606/630 – Setor Aeroporto
    Telefone: (62) 3326-2421

  • Oficinas de bicicleta

  • Central Bicicletas (Janio)
    Rua Creso Gomes, nº 339, Centro
    Telefones: (62) 3326-1717 e 98596-1727

  • JK Bicicletas (Osvaldino)
    Av. JK, nº 384, Centro
    Telefone: (62) 3326-2586

  • Byke e Pesca (Elda)
    Av. Coronel Tubertino Rios, nº 971, Centro
    Telefone: (62) 3326-1181

  • André José da Silva
    Rua 10, nº 156, Vila Isaura

  • Oficina e Borracharia Primavera (Ronaldo)
    Av. Bernardo Sayão, nº 125, Jardim Primavera

  • Auto Socorro Jaraguá
    Rua 1 nº 94 Vila Santa Maria
    Telefone: (62) 3326-1288

  • Expresso Marly
    Av. Bernardo Sayão, s/n – St. Oriente – Terminal Rodoviário
    Telefone: (62) 3326-1464

  • Radio Taxi Jk
    Avenida Av, Jk, nº10 Ginasio Jk Setor Central
    Telefone: (62) 3326 – 5005
2018-05-02T09:44:02+00:00

Contact Info

12345 North Main Street

Telefone: 1.888.678.9876

Site: https://avada.theme-fusion.com