Itaberaí

Itaberaí

A beleza das Pedras Brilhantes no Caminho do visitante

Pequeno rancho e curral, às margens do Rio das Pedras, deu origem ao povoado, no século XVIII. A Capitania de Goiás estava, em 1755, sob o comando do Conde de São Miguel, D. Álvaro José Xavier de Távora, quando as terras do alto do Rio Uru passaram ao domínio dos irmãos Távora. De suas fazendas da Quinta e Santo Izidoro, deu-se a fuga do gado para a várzea do Rio das Pedras e, na impossibilidade de arrebanhá-lo, construiu-se ali um curral. No fim do século, chegou o primeiro habitante, conhecido como Cabral que, no intuito de se apossar do lugar, construiu um rancho.

Ciente de seus domínios, o Capitão-Mor Salvador José Pedroso edificou outro curral, no local da atual Igreja Matriz, e uma capelinha onde eram rezadas ladainhas. Nasceu assim a povoação, sob a invocação de Nossa Senhora D’Abadia. Em 1819, segundo Augusto Saint Hilaire, o naturalista, a povoação de Curralinho, como ficou conhecida, já apresentava relevante progresso, contando-se 52 casas.

À criação extensiva de gado, aliada ao clima e abundância de pastagens, deve-se o grande surto de desenvolvimento. Passou a denominar-se Itaberaí, em tupi Rio das Pedras Brilhantes, por estar às margens do Rio das Pedras.

Hoje, Itaberaí destaca-se, na região do Mato Grosso goiano, pela expressiva produção agrícola e intensa criação de gado, além da tradicional exploração de jazidas de calcário da Serra Gongomé.

A paisagem de Itaberaí é marcada pela ruralidade, entrada de parte da Serra Dourada. Nessa localidade se misturam fazendas e serras. Já no ponto baixo do Caminho de Cora Coralina, esse trajeto se mistura com a vegetação com porte de floresta pelo vale das nascentes do Rio Uru, marcada por um mosaico de cores das plantações de grãos e pastagens.

Casa da Cultura João Caldas

Casa da Cultura Coronel João Caldas – sede da Academia Itaberina de Letras e Artes (AILA)

Casa construída pelo coronel João Elias da Silva Caldas, no ano de 1905, foi sua residência e loja comercial até o ano de 1955, quando da sua morte. Sua esposa Deolinda da Silva Baylão continuou residindo ali até o ano de 1963, quando também veio a falecer. João Caldas herdou de seu pai, capitão Caldas, o comando da política local, e por mais de 50 anos as principais decisões políticas de Itaberaí aconteceram nesta casa.

No ano de 1892, o coronel foi nomeado membro da Intendência de Curralinho. Foi presidente do Conselho Municipal (o mesmo que Câmara Municipal) nos quatriênios de 1906/1911 e 1911/1915, e de 1922/1923 e 1923/1927, e Conselheiro de 1915/1919. No ano de 1927 foi eleito intendente (prefeito), ficando no cargo até 1930, quando foi deposto. Logo após, Pedro Ludovico, sentindo que seria derrotado em Itaberaí, o reconduziu ao comando da política local e João Caldas indicou seu sobrinho, Benedito Pinheiro de Abreu, para ser nomeado prefeito de Itaberaí. Nas eleições de 1954, que iriam levar seu genro, José Ludovico de Almeida (que fora prefeito de Itaberaí, deputado estadual e federal e secretário de estado) ao Governo de Goiás, muito contribuiu para a campanha.

Fazendeiro abastado foi o primeiro itaberino a possuir um automóvel, um Ford 1918 adquirido em 1919. Os filhos do coronel João Caldas tiveram papel importante na política e na vida social de Itaberaí. Podemos citar: Iracema Caldas, primeira-dama do Estado; Balduíno Caldas, deputado e prefeito por duas vezes; Gilberto Caldas, prefeito e médico humanitário (o primeiro médico itaberino); Sebastião Caldas, também médico; e Jacinto Caldas, gramático e jornalista.

De seus netos salientaram-se os doutores Jerônimo Pinheiro de Abreu, deputado em várias legislaturas,primeiro diretor da Casego; Hélio Caldas Pinheiro, prefeito de Itaberaí; e Tércio Caldas, deputado três vezes e conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios. Com seu apoio elegeram-se prefeitos os genros Antônio Zacarias da Fonseca, José Pinheiro de Abreu (Juca Pinheiro, seu sobrinho, prefeito por duas vezes, a primeira vez nomeado e a segunda eleito) e Jurandir Araguaia Leite.

Hoje, a Casa da Cultura Cel. João Caldas é sede da Academia Itaberina de Letras e Artes (AILA) que congrega também o Museu Histórico de Itaberaí, que guarda centenas de peças, documentos e fotografias; a Biblioteca Eliezer Pinheiro de Abreu e, a ser edificado, o Auditório Dona Deolinda Baylão, reservado a acontecimentos culturais de nossa terra.  Está aberta a visitação de segunda à sexta-feira.

Benedito Magno Vieira
(Cirugião dentista e Acadêmico da AILA)

Localização

Atrativos

  • Festa em louvor a São Benedito

    Os devotos fazem dez dias de festa na Igreja de São Benedito, que sempre termina no primeiro domingo do mês de junho. A parte religiosa tem novena com missas, terços e procissões. Leilões, fogueira e queima de fogos artifício, além do levantamento do mastro da bandeira, homenageiam o santo. Em 2018, os festejos serão realizados entre 25 de maio e 3 de junho.

  • O povoado ainda não conta com estrutura hoteleira. O caminhante do Caminho de Cora Coralina deve programar para se hospedar em Itaberaí, a 10 quilômetros.

    Em Itaberaí

  • Restaurante Avenida
    Av. Goiás, Qd 40, Lt 04, Jardim Cabral
    Fone: (62) 3375-2786
    E-mail: restauranteavenida1@hotmail.com

  • Restaurante Ipê
    Av. Goiás, nº 715, Vila Progresso
    Fones: (62) 3375-2749 e 99982-5013
    E-mail: emiliolagares@hotmail.com

  • Restaurante Curralinho
    Av. Goiás, Qd 40, Lt 03, Jardim Cabral
    Fone: (62) 98523-0565
    E-mail: restaurantecuralinho@hotmail.com

  • Lanchonete Vipão
    Av. Goiás Qd 41, Lt 06, Vila Progresso
    Fone: (62) 3375-1711
    E-mail: vipaopanificadora@gmail.com

  • O distrito de São Benedito fica às margens da GO-070, que liga Goiânia a Itaberaí. A distância entre o povoado e o município sede é de 10 quilômetros pela BR-156.

    Em Itaberaí

    Hospitais

  • Hospital Municipal de Itaberaí
    Av. José Albino Lagares, Qd 45, Vila Leonor
    Fone: (62) 3375-1476
    E-mail: hmitaberai@hotmail.com

  • Hospital São Sebastião
    Praça Balduíno da Silva Caldas, S/N, Centro
    Fone: (62) 3375-1200
    E-mail do médico responsável: joaoboscojr@hotmail.com

  • Farmácias

  • Farmácia Drogalar
    Rua São Vicente, nº 69, Centro
    Fone: (62) 3375-2892
    E-mail: farmacia_drogalar@outlook.com

  • Farmácia Nossa Senhora Aparecida
    Rua Major Garcia, nº 270
    Fone: (62) 3375-1126
    E-mail: silvaborgesesilvaltda@hotmail.com

  • Farmácia Lima
    Rua Major Garcia, Nº 253, Centro
    Fones: (62) 3375-1414 e 3375-1828
    E-mail: drogarialima2007@hotmail.com

  • Bombeiros -Delegacia – Copom

  • Corpo de Bombeiros

    6° Pelotão de Bombeiro Militar
    Rua 11, Quadra 34, Lote 10, Jardim Neco De Faria
    Telefones: (62) 3375-1060 e 99221-0142(capitão Eduardo Melo)
    Telefone de Emergência: 193

  • Delegacia de Polícia Civil
    Rua Augusto Bailão nº 440 Setor Alto Da Bela Vista
    Telefone: (62) 3375-1344 e 98595-5332

  • Oficinas de bicicleta

  • Sport Byke E Pesca
    Rua Major Garcia, Qd 04, Lt 20, Centro
    Fones: (62) 3375-4502 e 98526-8636
    E-mail: bykepesca16@gmail.com

  • Empresa Moreira
    www.empresamoreira.com.br

  • Zaqueu Monteiro dos Santos
    Av. Goiás, 4168, Antônio Severino Coe
    Fone: (62) 3224-9904

2018-04-26T11:52:09+00:00

Contact Info

12345 North Main Street

Telefone: 1.888.678.9876

Site: https://avada.theme-fusion.com